"Há quem diga que todas as noites são de sonhos.
Mas há também quem garanta que nem todas, só as de verão.
No fundo, isto não tem muita importância.
O que interessa mesmo não é a noite em si, são os sonhos.
Sonhos que o homem sonha sempre, em todos os lugares, em todas as épocas do ano, dormindo ou acordado."

William Shakespeare

terça-feira, 28 de setembro de 2010

A paz invadiu o meu coração

O amor é um sentimento inexplicável,
é um estado de espírito!
A sonhadora e romântica que há em mim,
passou a vida toda procurando o amor,
e tentando entendê-lo,
queria saber o que é realmente que as pessoas procuram 
quando buscam o amor verdadeiro.
Que amor é esse, do qual falam as pessoas, as poesias, os contos de fadas, as músicas, os filmes?
Que sentimento é esse que se equipara ao fogo que arde sem se ver,
a ferida que dói e nem se sente?
Um dia ouvi que quando a gente encontra o amor, 
ouve uns sininhos baterem,
acho que ando um pouco surda porque nunca os ouvi,
mas senti o amor apertar no peito, e entendi no que consiste,
o amor é a paz que invade o coração.
Encontrei o amor, quando encontrei meu porto seguro,
parece que nenhuma onda pode nos abater,
e quando a maré ameaçar subir, seremos fortes
para enfrentar qualquer mal porque estamos juntos,
o seu abraço é protetor,
o seu sorriso, acolhedor,
de modo que os olhos me dizem tudo que eu preciso ouvir,
sem a boca pronunciar uma palavra.
O amor é diferente da paixão,
ele é como o sol que não precisa aparecer 
para sabermos que está ali fazendo o dia.
O fogo arde dentro da gente, e permanece aceso,
sem que ninguém veja,
é uma dor que aperta o peito e não dói, nos faz mais feliz,
O amor é paz!
'A paz invadiu o meu coração
De repente, me encheu de paz
Como se o vento de um tufão
Arrancasse meus pés do chão
Onde eu já não me enterro mais'
Gilberto Gil

3 comentários:

Eu adoro quando você comenta!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...